28/08/2008

Apeteces-me...

Apetece-me estender no teu sofá vermelho… observo-te, quando distraidamente vês a tua série de tv favorita… quero adivinhar os teus pensamentos… os mais obscuros… o que fantasias… com quem e como… quero saber o que fazes em frente àquele espelho… sozinha… deitada na tua cama… quero-te tocar… ouvir-te gemer… mordes o lábio… pelo desejo… não… quero mordê-lo… quero que sintas um pouco de dor e de muito prazer… excita-me… olho para o teu decote e imagino… os teus seios nas minhas mãos… na minha boca… os chocolates que deixaste ali… para eu me servir… não lhes toco… quero sentir a doçura do teu sabor… servir-me do teu corpo, exclusivamente para te dar prazer… só por esta noite… olha para mim… despe-me com os olhos… larga a tua série favorita… deixa-me adivinhar-te os pensamentos… sussura-mos ao ouvido… apetece-te… ou não te apetece… abre o jogo… não me resistas… não te resistas a ti própria, só por esta noite… imagino o que tens debaixo do teu vestido… sim, esse que te torna tão sensual… mostra-me essa tua lingerie provocante… num strip quente… espera… não tens nada debaixo do vestido… faz-te sentir sexy… eu sei… dá-te tesão… já te apercebeste que tento adivinhar os teus pensamentos… estás a adorar… dá-te gozo jogar este jogo… do rato e do gato… picas-me e fazes aquele sorriso inocente… acredito que fantasias com as nossas conversas… sozinha… na tua intimidade… ou talvez não… apenas achas graça… nunca o admitiste… pára com esta tortura… deixa-me explorar o teu corpo… com as mãos… as pontas dos dedos… a língua… deixa-me saciar essa tua fome, que um dia confessaste… é estranho e parece errado… aos olhos dos outros… da sociedade… e aos nossos?
Não adiemos mais… deixemo-nos levar pelo instinto… pelo prazer… agora… já… no teu sofá vermelho… abre-te para mim… esta noite quero que te venhas para mim… e fazeres-me vir para ti… perfeito… depois desta noite, ficará tudo entre nós… seremos mais cúmplices ainda… apenas porque nos apeteceu… um dia sermos mais íntimos… sem culpa… nem desculpas… sabes… apetece-me… e eu sei que a ti também!


Fotografia: sem foto, por agora!

16 comentários:

D.Antónia Ferreirinha disse...

Bonito.
Gostei.
Beijinhos.

A. disse...

Obrigado pelo comentário, D. Antónia.
Obrigado pela visita.
Bjo.

Pearl disse...

Eu gostei de ler...muito até!
Convido-te a ires ao meu blog e a leres o que lá tenho, senti uma identificação...adorei mesmo!

beijo

A. disse...

Pearl,
Já lá fui e comentei!
;)
Obrigado pela visita, és bem-vinda sempre neste sofá vermelho.

Bjo,
A.

Touch disse...

Bon Apetit!!!
Texte delicioso de palavras doces e quentes...
Cà voltarei pra me abrir outra vez o apetite.

Beijinhos
Touch

vita disse...

Como sempre magnifico, é sempre um prazer visitar-te.;)

Beijoooooooo

A. disse...

Touch,
Agradeço a visita e deixo a porta aberta para voltares as vezes que quiseres. Espero que te tenha deixado tocada... pelas palavras.

Futuramente também te irei visitar.

Bjo,
A.

A. disse...

Vita,
É um prazer maior a cada visita tua.
Fico feliz por vires até aqui e deixares sempre um comentário simpático.

;)

Espero que te apeteça vir cá mais vezes!

Bjo,
A.

Luísa disse...

Olá!´

Ora cá estou pela primeira vez no seu sofá:)

Confortável...

Obrigada pela visita, gostei do que li.. e vou voltar.

Beijinhos

Luisa

Luísa disse...

Olá!´

Ora cá estou pela primeira vez no seu sofá:)

Confortável...

Obrigada pela visita, gostei do que li.. e vou voltar.

Beijinhos

Luisa

Sofa Surfer disse...

Luisa,
Obrigado pela visita.
Apenas um aparte, o sofá não é meu, mas de todos o que visitam!

Por isso, és sempre bem-vinda!

Bjo.

Luxúria vs Tentação disse...

Vem...

beijo nosso

Luxúria

Anónimo disse...

Apeteces-me...
Andreia

cassamia disse...

conheci hoje o teu blog e vou voltar sempre sempre!
parabéns!
apeteceu-me deitar no teu sofá vermelho.

Sofa Surfer disse...

Olá cassamia,
Bem-vinda.
Obrigado pelo comentário, mas o sofá vermelho não é só meu, é de todos nós, por isso usa e abusa nele!

Bjo,
Sofa surfer

Sofa Surfer disse...

Obrigado Andreia,
Também me apeteceu um dia...

Bjos e volta sempre,
sofa surfer